quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tema de Outubro - O cair das folhas


A forma de participação decorrerá da forma habitual, com o envio de um mail com o titulo da participação e o nome do blogue, acompanhados de respectivo link.


Continuem a participar.
______________________________
  1. Tarde de Outono - Oficina das Artes e Letras
  2. Idade - RASCUNHOS do meu pensar
  3. A cigarra e a formiga - Mundo Catso
  4. Amarelo acastanhado - Utopia Realista
  5. FOLHAS CAIDAS - CAFÔFO DO VOVÔ
  6. *Os olhares e o cair das folhas - Vendo as cores da vida
  7. A Goiabeira do Quintal - Coisas minhas
  8. Por um fio. - Afectos e Dúvidas
  9. Cair das folhas - Tempestadideias
  10. Folha - quotidiano
  11. O cair das folhas - Folhas perdidas
  12. Folhas levadas pelo vento - É possível ser feliz...
  13. o outono já está velho para vir - Parallel Universe
  14. Revoar de folhas - Caleidoscópio
  15. O cair das folhas - Apontamentos de Luz
  16. Devaneio - Crimes literários de Rodrigo Della Santina
  17. Doce Solidão - Catarina e o Sabor da Maça
  18. Redescoberta - Rabiscando Textos
  19. Destrancar os Pensamentos - Asas dos Versos e Reversos

7 comentários:

  1. Tema: "O cair das folhas"


    O apito da Fábrica silenciou. Com ele silenciaram as máquinas e todas as engrenagens que lhes davam movimento ficaram inertes, apresentando já os primeiros sinais de ferrugem a corroer-lhes as entranhas. A produção é nenhuma. Cerradas estão portas e janelas e inexiste movimento de operários, como outrora, no seu vai e vem, conforme o início ou término de cada turno de lavor. O pátio da Fábrica está deserto de gentes, silencioso e coberto por um tapete de folhas mortas, vestidas de outono. Vez ou outra é quebrado o silêncio pelo farfalhar das folhas secas que redemoinham ao vento. Folhas caídas, levadas pelo vento, como as palavras...


    gb

    ResponderEliminar
  2. Acaba por ser uma inevitabilidade, gb, mas também por isso a Fábrica começa a procurar novos administradores, talvez seja mesmo esse o próximo tema a abordar: a disponibilidade de mais gente para a Administração da Fábrica como uma forma de reavivar este espaço e dar-lhe uma nova abordagem... ao jeito de uma remodelação ministrial.

    ResponderEliminar
  3. As remodelações serão bem vindas, se forem para melhorar o funcionamento desta Fábrica. Se quiserem ou precisarem de minha colaboração podem com ela contar.

    ResponderEliminar
  4. Em época de austeridade todos os esforços que se possam fazer para evitar fechar uma fábrica que seja são esforços meritórios.

    Se existe fábrica que não deve fechar é a Fábrica de Letras, pelo que à semelhança do gb também poderão contar com a minha colaboração se assim o pretenderem.

    A Fábrica de Letras produz aquele que é capaz de ser um dos bens mais preciosos: a capacidade de sonhar. Sonhar ao ler os textos que por ela são produzidos, sonhar ao fazermos nós mesmos os textos, permitindo ainda que por breves momentos, esquecermos os problemas que nos rodeiam.

    Podem contar comigo.

    Bem Haja.

    Abraço.
    Utópico

    ResponderEliminar
  5. Não fechem a Fábrica de Letras, se precisarem de mim para alguma coisa estou disponivel :)

    ResponderEliminar
  6. Bom dia!Quase perdi esse mes!Ando muito desligada!...rss...aqui o link de minha participação:

    http://asasdosversosereversos.blogspot.com.br/

    Anne Lieri

    Asas dos versos e reversos
    ameninavoadora@gmail.com

    bjs,

    ResponderEliminar
  7. Boa noite,

    por este ser um dos blogues que mais regularmente visito, e por muito o apreciar, e como as regras do Prémio Dardos referem que devemos indicar os blogues a que atribuiríamos este mesmo prémio, decidi inclui-lo no conjunto de blogues a que atribui o Prémio dardos.

    O Prémio pode ser visto aqui: http://utopiarealista.blogspot.pt/2012/11/premio-dardos.html.

    Deixo ao critério a exibição, ou não, do referido Prémio.

    Utópico.



    ResponderEliminar